5 Dicas de Ouro para Crianças com Dificuldade em Pronunciar os Sons R ou S

Recentemente fui chamada na escola do meu filho mais novo (4 anos) e fui informada pela professora que ele estava com dificuldades para pronunciar palavras que continham a letra R.

Ela me disse:

– Você percebeu que ele fala Basil e não Brasil?

Antes de responder parei e pensei como toda boa mãe:

– Mas ele é um bebê!!! E bebês falam assim!!! Até acho muito fofo!!!

Infelizmente eu estava enganada… ele já não é mais um bebê e a falta desse fonema poderia ser prejudicial a ele daqui algum tempo.

A recomendação da escola foi a de procurar uma fonoaudióloga e fazer uma avaliação. Saí da escola e liguei pra minha mãe que é pedagoga e depois de chorar as pitangas ela me instruiu a realmente procurar a fono.

Na consulta com a profissional pude entender melhor o por que disso acontecer e também o que fazer para corrigir esse problema sem maiores traumas.

dicas de pronuncia

Vou listar aqui 5 dicas de ouro para outras mamães que, como eu, achavam que era bonitinho e que tudo bem deixar a criança falar errado:

#1

Algumas crianças têm um pouco de dificuldade em pronunciar certas letras ou sons. E as mais comuns são as letras R e S.

#2

É importante saber que não há limite de tempo específico para que as crianças aprendam a pronunciar certas letras ou palavras.

Esse tipo de dificuldade tornou-se tão comum que os especialistas lhe deram um nome, a dislalia.

A dislalia refere-se a dificuldade em pronunciar certos sons – consoantes e / ou vogais – devido a defeitos estruturais nos órgãos envolvidos na fala.

Além disso, esses sons podem ser confundidos na fala devido à sua articulação incorreta.

Esse tipo de dificuldade de fala tem várias causas possíveis, são elas:

  1. Falta de maturação dos órgãos da fala devido ao uso excessivo de mamadeiras ou chupetas.
  2. Língua presa
  3. Perda auditiva ou otites de repetição
  4. Má formação dos órgãos da fala
  5. Atrasos de desenvolvimento
  6. Bilinguismo
  7. Dificuldade de coordenação motora fina

No caso do meu filho Lorenzo, após uma avaliação da fonoaudióloga concluímos que o caso dele incluiu a língua presa e algumas otites do ouvido médio.

#3

É possível prevenir a dislalia em crianças?

Essa é a pergunta que não quer calar, mas descobri que a dislalia é o resultado de problemas externos que, na maioria das vezes, estão fora do controle dos pais.

No entanto, existem várias maneiras de amenizar o problema e são elas:

  1. Ensine seu filho a respirar pelo nariz e também a assoar o nariz.
  2. Dê ao seu pequenino alimentos sólidos que façam com que ele realize um esforço para mastigar.
  3. Verifique os canais auditivos do seu filho e qualquer irregularidade leve-o a um especialista. (O Lorenzo sempre falava “hã” quando conversávamos uma frase mais longa com ele).
  4. Brinque com brincadeiras que envolvam o reconhecimento de som, sinos e instrumentos musicais. 5) Exercite os órgãos de fala do seu filho com onomatopeia (processo de formação de palavras ou fonemas com o objetivo de tentar imitar o barulho de um som, quando são pronunciadas) e brincando de fazer caretas.

Todas as pessoas que tem contato constante com uma criança podem usar esses métodos de prevenção da dislalia como professores, cuidadores, primos, irmãos e etc.

Essas técnicas não só permitirão que você perceba qualquer alteração na pronúncia do seu filho como também permitirão que você tome uma atitude o mais rápido possível caso perceba que algo não vai bem.

#4

Como melhorar a pronúncia de uma criança dos fonemas R e S?

Existem diversas técnicas de enunciação e articulação que podem melhorar as dificuldades com a pronúncia dos sons R e S e são elas:

1) Respiração profunda – Antes de começar a falar, enunciar e articular, as crianças devem preparar o trato vocal com exercícios de respiração profunda.

Esses exercícios também ajudarão as crianças a obter uma maior consciência dos músculos faciais.

Outra vantagem desses exercícios é que eles dão à criança a possibilidade de se concentrar completamente em sua língua.

Isso torna mais fácil para ela mover a língua da maneira correta para obter uma pronúncia correta de palavras e sons.

2) Dê um bom exemplo – Se uma criança não pronuncia os sons R e S corretamente, muitas vezes é porque ela não notou a diferença em sua articulação. Tampouco aprendeu a gerar os sons da maneira correta.

Você pode ajudar a reduzir consideravelmente esse problema, demonstrando ao seu filho como fazê-lo, as vezes até exagerando a articulação e o som dessas letras para que seu filho possa percebê-las melhor.

3) Exercícios de língua – A língua é um músculo e, assim como qualquer outro músculo do corpo humano, requer cuidado e treinamento para funcionar adequadamente.

Existem inúmeros exercícios que você pode ensinar ao seu filho para facilitar o movimento da língua:

  • Movendo a língua enquanto mastiga comida.
  • Tocando cada dente com a ponta da língua.
  • Alongar ou dobrar a língua rapidamente.
  • Colocando a língua para fora e puxando-a de volta

#5

Aproveite os materiais disponíveis – Hoje em dia, há muitos materiais interativos para os pequenos. Você pode encontrar livros, vídeos e aplicativos que podem ajudar seu filho a aprender a falar e pronunciar-se corretamente.

Se você usar essas ferramentas adequadamente, você não apenas melhorará a fala do seu filho, mas seu filho também se divertirá no processo.

Lembre-se, o aspecto da diversão torna qualquer processo de aprendizagem mais fácil!

No caso do Lorenzo ainda estamos em processo com a fono 1 x por semana. Ela aplica diversas técnicas no consultório e durante toda a semana eu e ele fazemos alguns exercícios em casa para intensificar o tratamento.

Em 3 meses de tratamento já percebemos uma melhora significativa e também algumas palavrinhas já faladas de forma correta… uma delas “Brasil” (rsrsrsrs).

Espero que esse texto possa te ajudar ou ajudar alguma criança que esteja próxima a você.

Sou Marília Tannuri Verni, mãe de 2 meninos (Ian – 11 anos e Lorenzo – 4 anos), publicitária, idealizadora do Portal Grávida em Campinas e Proprietária da loja infantil on line Petit Papillon Bebê & Criança. Uma apaixonada pelo universo infantil e por todas as chances que a maternidade nos proporciona.

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest