5 Fatos sobre o Valor do Dólar

O Dólar, moeda emitida pelos Estados Unidos da América, é a moeda que mais se aproxima de ser o padrão mundial para determinar o valor de produtos e serviços. Vários países além dos EUA o utilizam como moeda corrente e todos o têm em suas reservas internacionais. São vários os fatores que influem no cálculo de seu valor. Vamos ver como isso funciona e influi inclusive na saúde de seu bolso em cinco fatos.

1. Padrão Ouro. Do fim da 2ª Guerra Mundial até os anos 70, o método oficial de determinar o valor do dólar era pelas reservas de ouro. Com as economias dos países abaladas pelo conflito, foi necessário usar um padrão universal para cotar o dólar com as outras unidades monetárias, e foi escolhido o ouro. Ficou determinado que o grama de metal precioso teria um valor fixo em dólares. Nos anos 70, o dólar estava fortemente desvalorizado em relação ao que valia quase quarenta anos e foi necessário um novo método, surgindo assim o FOREX, um mercado financeiro descentralizado destinado a transações de câmbio, sendo o maior mercado do mundo. Em termos de volume de dinheiro movimentado, movimenta o equivalente a quase 4 trilhões de dólares estadunienses diariamente.

infos sobre o dólar

2. Oferta e Procura. Quando um produto é escasso e bastante procurado ele tem maior valor, quando é abundante e de pouco interesse é desvalorizado. Esta regra básica dos mercados serve para entendermos os mecanismos que fazem o valor do dólar alterar tanto. Para tentar manter um equilíbrio, o Banco Central Brasileiro utiliza deste expediente. Quando o dólar está muito caro, ele lança muito da moeda americana no mercado, para que esta baixe de preço e faz o oposto, comprando dólar, para que sua escassez faça aumentar seu valor quando isto se faz necessário. Porém deve-se ressaltar que mudanças bruscas não são boas, porque impedem que pessoas e empresas façam planejamentos de longo prazo.

dicas de dólares

3. Dólar em Alta. Não existe uma resposta quando se pergunta se o valor do dólar deve ser alto ou baixo. Diferentes atores do mercado têm vantagens e desvantagens em ambas as situações. Quando o dólar está em alta, lucra quem recebe em dólar, exportadores como os produtores de comoditties, por exemplo. Neste cenário, também o Brasil fica mais atrativo para investidores externos, pois o dinheiro deles tem maior poder e potencialidade de lucros.

dicas sobre moeda

4. Dólar em Baixa. Neste caso, o sorriso vai para as faces dos importadores, que compram lá fora suas mercadorias em dólar para revender aqui, e podem obter lucros maiores. A indústria local também se beneficia pois pode comprar maquinário e matéria prima mais barato. Com dólar barato as coisas também ficam boas para os investidores brasileiros no exterior, que assim obtém melhores negócios lá fora. Também é interessante para o turista brasileiro, que compra pacotes internacionais por preços mais vantajosos.

fatos sobre o dólar

5. Outros fatores. Além da oferta e procura pura e simples, outros fatores influem no valor do dólar. Por exemplo, o dólar teve forte crescimento perante o real em 2013. Isto se deveu, entre outras coisas: À recuperação da economia norte-americana, que torna aquele país mais interessante para investimentos. O baixo crescimento do PIB brasileiro, déficit externo alto e as mudanças na política econômica que geram insegurança nos investidores à longo prazo.

informações da bolsa
para especuladores
dicas gerais
sobre o dólar

Não tem mistério! Agora ficou fácil entender o economês dos analistas da televisão e seguindo estas dicas dá para planejar o melhor momento de fazer alguns investimentos, marcar aquela viagem ao exterior e até ter algum lucro investindo nas verdinhas.

O que você achou das informações sobre o valor do dólar? Tem alguma dúvida? Comente!

Um Comentário

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *