5 Frutas Exóticas


Que tal experimentar uma granadilha, visitar o festival da nêspera, tomar um suco de pitaya branca, deliciar um carnudo gomo de mangostim ou comer uma flan de lichia.

O mundo das frutas é repleto de opções, cheias de sabores e cores. Tudo para encantar o paladar dos que se atrevem a experimentar o novo. As frutas dessa pequena lista de frutas exóticas já são produzidas no Brasil, mas por enquanto de maneira tímida e por isso ainda pesam muito no bolso na hora de tirar das prateleiras, ou das gôndolas do mercado, mas que com toda certeza vão fazer qualquer lanche valer muito a pena.

Fruta Diferente: Granadilha

frutas exóticas

Da família das Passifloras, prima do maracujá. É encontrada nos países da América Central e em alguns dos nossos vizinhos sul-americanos, como Venezuela, Peru e Bolívia. Conhecida também como “Flor de la pasión” por causa das semelhanças com alguns dos símbolos da Paixão de Cristo, como por exemplo, a flor da granadilha tem três talos, que representariam os pregos que cravaram Jesus, 12 pétalas, representando os 12 apóstolos e uma coroa de filamentos, que se comparam com a coroa de espinhos.

É uma fruta que combina o doce com um leve toque de acidez, o que a deixa extremamente saborosa. Pode ser consumida fresca, processada em sucos, marmeladas ou geleias. Sua casca grossa e quebradiça protege suas sementes pretas envolvidas pela polpa branca.

A granadilha é rica em vitaminas e minerais, com propriedades antioxidantes e ajuda no combate do colesterol.

E saiba que você não precisa sair do Brasil para encontrá-la. Já é comercializada em algumas barracas especialistas em frutas exóticas e cai muito bem com o paladar brasileiro.

Fruta Exótica: Nêspera

galeria de fotos seleção de imagens seleção de fotos frutas exóticas

Esta fruta exótica, já fincou raízes neste solo brasileiro. Originária da China e registrada no Japão a mais de um milênio, já tem até festival no Brasil. A fruta de casca laranja guarda uma polpa doce com um leve toque acidulado.

No Brasil, é produzida principalmente no estado de São Paulo. A nêspera também ficou conhecida como ameixa-amarela no Brasil e tem espaço garantido nas colônias japonesas do nosso país.

E se você é daqueles que está na onda das fibras então já pode incluí-la no seu cardápio, pois essa fruta é rica em fibras, o que ajuda no bom funcionamento do intestino, e água. Auxilia no controle do colesterol, é diurética e combate a retenção de líquidos.

Este ano a Associação Cultural e Esportiva de Colônia Pinhal realizou no dia 06 de Setembro de 2014 o 2° Festival da Nêspera na cidade de São Miguel Arcanjo/SP.

Fruta: Pitaya

dicas de frutas saborosas visualmente diferentes esteticamente distintas de vários tipos uma beleza você conhecia você não conhecia

Essa fruta da família dos cactos e característica da América Central e México também já começa a apresentar uma discreta aparição nas terras brasileiras. É conhecida também como Fruta-Dragão por causa dos gomos escamosos. Com uma polpa de coloração branca ou avermelhada e sabor levemente adocicado, também carregada uma série de benefícios para a saúde.

A pitaya já inundava as copas das árvores das florestas centro-americanas na era pré-colombiana e já foi a base da alimentação para muitos animais e indígenas das regiões da Nicarágua e da costa do Pacífico, muito diferente de agora que com o desflorestamento, a contaminação dos solos e a redução das aves e insetos responsáveis por espalhar suas sementes devastaram a população de pitaya.

É uma fruta termogênica e rica em vitamina C, cálcio, ferro, fósforo e potássio. Ideal para dar saciedade, pois absorve o açúcar do organismo e o transforma em energia. Apresenta benefícios cardíacos pela ação dos antioxidantes e ajuda no combate da diabetes tipo 2 por causa do glucagon que reduz a glicose no sangue. Está aí, mais uma excelente aquisição para nossa lista de frutas exóticas.

Mangostim

frutas exóticas dicas de frutas exóticas fotos de frutas exóticas imagens de frutas exóticas

Este fruto de origem asiática, cultivados principalmente nas ilhas da Indonésia, também marca presença na nossa lista. Já vem sendo produzido no sul da Bahia, mas apesar de doce o preço ainda é salgado. Os cuidados exigidos no seu cultivo encarecem muito o produto final.

O mangostim conseguiu se adaptar no clima tropical sul-americano e foi introduzido primeiramente na Colômbia e Porto Rico até chegar ao Brasil. Com um sabor adocicado e levemente picante é muito mais saboroso do que aparenta a sua casca escura, que esconde em seu interior gomos de polpa branca que se destacam facilmente.
Como as demais frutas de nossa lista é repleto de valores nutricionais e se encaixa em qualquer dieta. Rico em fibras, substâncias antioxidantes e tem baixa caloria.

Fruta Exótica: Lichia

vermelhas diferentes curiosas frutas fotos de frutas uma delícia você comeria?

Para desempatar nossa lista de frutas exóticas vem mais uma fruta de origem chinesa e que já ganha espaço na dieta de alguns brasileiros. Com este made in China você não precisa ficar com o pé atrás com a sua qualidade. A lichia de casca grossa e cor vermelha guarda uma polpa branca suculenta e saborosa. Da qual não se desperdiça nem a casca, que ainda pode ser usada para fazer chá.

Os benefícios da lichia estão nos nutrientes que carrega. É rica em vitamina C, vitaminas do complexo B e minerais, é antioxidante e tem baixo teor calórico. A única contra indicação é quanto às pessoas que tem insuficiência renal, onde a absorção desses nutrientes pode prejudicar ainda mais o organismo. Essa com certeza tinha que estar nesta lista de frutas exóticas que valem a pena conhecermos.

Qual fruta exótica faltou na nossa lista e você gostaria de adicionar? Qual das citadas acima você já teve o prazer de experimentar? Deixe o seu comentário abaixo!

3 Comments

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)