5 Dicas de Dieta para Hipertrofia


Conheça dicas de dieta para Hipertrofia

Foi-se o tempo em que o corpo ideal era apenas estar no peso ideal. Hoje em dia, a maioria das mulheres está em uma busca constante por um corpo cada vez mais torneado, sarado e definido. Com as redes sociais em ascensão, é fácil encontrar conhecidas, famosas e até amigas começando um projeto verão ou compartilhando alguma dica fitness para secar mais rápido.

Para as que sonham com um abdômen rasgado e coxas e braços torneados, idas constantes à academia, prática de musculação, uma dieta adequada e acompanhamento médico podem tornar esse ideal realidade. Conheça a hipertrofia muscular e como ela transformará o seu corpo.

HIPERTROFIA MUSCULAR

A hipertrofia trata-se do aumento de células dentro de um órgão ou tecido, causando assim o seu crescimento. No caso da musculação, há um aumento de células no tecido muscular, aumentando a massa muscular magra, ocasionando o crescimento dos músculos das pernas e braços, por exemplo.

Para que a hipertrofia aconteça é necessária a prática de musculação com pesos maiores e um treino mais pesado, além de uma dieta específica. Exercícios aeróbicos como corrida e andar de bicicleta devem ser realizados o mínimo possível, já que podem ocasionar a perda dos músculos.

DIETA

Como qualquer mudança no corpo, a hipertrofia exige que além da prática de exercício físico seja feita uma dieta específica para o objetivo a ser atingido. Essa dieta deve ser passada por um médico e todo o processo deve ser acompanhado pelo mesmo.

As principais dicas para uma dieta bem sucedida para hipertrofia são:

1 – COMA MENOS CARBOIDRATO

Todos seus esforços em fazer exercícios não farão tanto efeito se você continuar ingerindo açúcares, que, de certo modo, são um produto de carboidratos. Isso porque o corpo não consegue queimar gordura na presença de insulina, que é liberada quando há açúcar em seu sistema corporal. Apesar disso, carboidratos são ótimas fontes de energia e ajudam na recuperação dos músculos. Desse modo, consuma carboidratos em refeições pré ou, especialmente, pós treino. Entretanto, evite sempre que possível o consumo à noite, quando o metabolismo é mais lento.

Os carboidratos estão presentes em pães, massas, no arroz e na batata, por exemplo. Sempre que possível substitua pela versão integral, que é mais leve.

2 – COMA PROTEÍNA

A proteína é como se fosse o “tijolo” da parede que é o tecido muscular e por isso é tão importante que você tenha um consumo suficiente de proteína para fazer com que seus músculos sejam reparados e cresçam. Conforme você for ganhando e definindo músculos você estará chegando, portanto, à hipertrofia.

A proteína te dará sensação de saciedade por mais tempo, ajudando a seguir a dieta necessária para o seu corpo. Além disso, ela acelerará o seu metabolismo, gastando mais calorias e energia do seu corpo para que seja digerida. Desse modo, você diminui a quantidade de gordura e aumenta a de músculos – isso é chamado de ganhar massa magra.

Alimentos como peixes, carnes, derivados do leite e alguns grãos como a soja e a quinoa, são ricos em proteínas. Dê preferência às carnes frangas, como o frango, pois são mais magras.

3 – COMA O SUFICIENTE

Um erro bastante comum que muitas mulheres cometem é o de não comer com regularidade achando que isso causará emagrecimento. A verdade é que você deve fazer pequenas refeições, de 3 em 3 horas, mantendo seu metabolismo ativo, especialmente se seu objetivo é a hipertrofia. Aposte em refeições e lanches repletos de proteínas, como barrinhas de proteína, além de carboidratos complexos e gorduras boas, como nozes e castanhas. Ingira também vegetais e crie refeições saudáveis e que te deixarão satisfeita até o próximo horário.

Não caia na falácia de que comer de 3 em 3 horas irá te fazer engordar, porque esse hábito, ao contrário, será benéfico para seu organismo e seus objetivos.

4 – MELHORE SEUS HÁBITOS DE DORMIR

Muitas mulheres também pecam ao achar que a dieta consiste apenas na alimentação, mas todos os seus hábitos contam – e muito – para o sucesso dos seus objetivos corporais. Dessa forma, é preciso dormir o bastante e descansar de modo correto, pois no sono muitos hormônios e substâncias são liberados. Dessa forma, dormir corretamente e por tempo o suficiente fará com que você tenha mais resistência para seus treinos além de controlar impulsos e vontades enlouquecedoras de sair da dieta. Uma noite de sono também pode ser reparadora para seus músculos depois do começo de um novo treino ou uma sequência mais pesada.

5 – TENHA CAUTELA COM SUPLEMENTOS ALIMENTARES

Suplementos alimentares servem para ajudar na conquista da hipertrofia, mas é preciso usá-los com acompanhamento de um profissional e, principalmente, com moderação. Escolha suplementos de marcas confiáveis e que sejam certificados e liberados por órgãos reguladores. Evite suplementos importados ou de procedência duvidosa ou desconhecida. Não caia no erro também de tomar “emprestado” o suplemento da sua amiga, pois cada corpo é diferente. Assim, tome sempre os suplementos indicados por um profissional de saúde capacitado para receitar o produto ideal para seu corpo.

Também não use anabolizantes e produtos que prometem resultados muito rápidos e sem esforço, pois podem causar graves problemas e complicações de saúde, como problemas no fígado e até mesmo câncer.

O importante ao iniciar sua dieta para hipertrofia é ter paciência e não esperar resultados imediatos. Com dedicação, disciplina e procurando sempre a ajuda de um profissional seu objetivo será alcançado.

O que você achou das dicas de dietas para hipertrofia? Comente!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)