5 Curiosidades da China – Chinesas


Conheça cinco curiosidades da China

A China é o país com a maior população do mundo, sendo responsável por abrigar mais de 1 bilhão de habitantes e está entre os cinco maiores países do mundo em tamanho. Além de sua vasta extensão e seus moradores, a China possui algumas curiosidades que valem a pena serem conhecidas.

curiosidades

Seja para uma futura visita ou apenas para conhecer mais desse país asiático, confira cinco curiosidades da China:

1. Cada casal pode ter apenas dois filhos

Na China existe uma lei que determina que cada casal pode ter apenas dois filhos, mas para que a lei seja aplicada um dos pais precisa ser filho único.

Essa foi uma reforma feita em 2013 em uma lei lançada na década de 1970 onde os casais podiam ter apenas um filho e aqueles que descumprissem a política do filho único eram multados em quantias altíssimas. A política do filho único foi implementada pelo governo chinês em uma tentativa desesperada de controlar o crescimento da população chinesa.

curiosidades da china

Como consequência, a taxa de abortos e abandonos infantis cresceu vertiginosamente além de provocar o envelhecimento em ritmo acelerado da população. Por causa isso a lei do filho único passou por uma reforma permitindo que as famílias possam ter até dois filhos para que haja uma revitalização entre os habitantes da China.

2. O banheiro diferente

O banheiro na China é uma das maiores curiosidades do país. Diferentemente da privada a qual você está acostumado no Brasil, o vaso sanitário na China é fixado no chão e para usá-lo você terá que ficar na posição de cócoras. Para os chineses é fácil, já que até nas ruas eles ficam na posição de cócoras.

curiosidades da china dicas de curiosidades da china

Em alguns shoppings e restaurantes mais refinados você poderá encontrar o vaso no modelo ocidental, mas o normal é a privada no chão. Os banheiros públicos, além de apertados, possuem mau cheiro e não é disponibilizado papel higiênico.

3. Homens que morrem solteiros têm problemas na vida seguinte

Os chineses acreditam em vida após a morte e de acordo com uma tradição do interior da China homens que morrem solteiros podem ter um comprometimento em sua linhagem na próxima vida.

Para que isso não ocorra, os familiares tentam casar o falecido depois de morto. Para isso, eles enterram uma mulher que acabou de falecer ao lado do parente e quanto mais nova for a “noiva” mais sorte trará. Para realizar o “casamento” a família precisa desembolsar cerca de 2 mil dólares.

4. O número 4 é de azar para os chineses

O mandarim, idioma dos chineses, é composto por ideogramas que muitas vezes significam uma sensação, emoção ou mesmo uma frase e não necessariamente apenas uma palavra. O ideograma do número 4 é muito parecido com o ideograma da morte e por isso o número é considerado de azar pelos chineses. Dessa forma, os chineses são extremamente supersticiosos sobre isso com muitos andares de prédios residenciais e comerciais pulando os andares 4, 14 e 24, por exemplo.

número quatro

O mesmo aplica-se aos números de telefone: linhas que possuam 4 em sua composição são bem mais baratas e, na maioria das vezes, são utilizadas por estrangeiros e turistas em geral. O número 8, por sua vez, é exatamente o oposto: o ideograma lembra o da prosperidade e por isso os chineses tem verdadeira adoração pelo número, incorporando-o sempre que possível – inclusive nas Olimpíadas de Pequim, que foi iniciada em 8 de agosto (o oitavo mês do ano) de 2008, às 8:08 da noite, tudo para trazer boa sorte para o evento e manter a tradição.

5. Gastronomia exótica

Não apenas de yakissoba e rolinhos primaveras vive a culinária chinesa: as tradições gastronômicas chinesas são excêntricas e curiosas para a cultura ocidental, para dizer o mínimo. Apesar disso, é absolutamente normal que nas províncias sulistas chinesas iguarias como gafanhotos, escorpiões, cobras, estrelas-do-mar, cachorros, gatos, ratos selvagens e até mesmo casulos de bicho-da-seda sejam servidas.

Já para o Ano Novo, esqueça as lentilhas: os chineses tem a tradição de servir banquetes com sopa de ninho de andorinha e ovos podres. Já quanto às comidas afrodisíacas, os chineses tem uma forte tradição de comer pênis de animais, como touro, carneiro, búfalo, cobra, jumento, cachorro, cavalo e cervo, dentre outros.

Os chineses também possuem uma etiqueta bastante peculiar: se você deixar seus hashi fincados no arroz, você estará desejando automaticamente que todas as pessoas presentes morram. Já se você não deixar nada no seu prato passará a ideia de que o anfitrião não te serviu bem o bastante e nem o suficiente. Por isso, em terras chinesas não é desfeita deixar um pouco de comida no prato e sim regra de boa educação.

dicas, ideias e fotos

Como todo país, a China possui suas curiosidades que definitivamente valem uma visita ou quem sabe assunto com os amigos.

Comente o que você achou das curiosidades sobre a China!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)